2022-05-29

Yung Lixo – Mazda Medusa Lyrics

[Letra de "Mazda Medusa"]

[Intro]
'Cês se pergunta, 'cês se pergunta, 'cês se pergunta

[Verso 1]
Chegamo' do nada, drip veneno
'Cê se perguntam de onde nós veio
Os moleque é marrento, 600 cavalo
Vocês é jumento que não tem embalo
'Cês fica pra trás e a gente segue
Nós passa e nem percebe
'Cê tenta e não consegue
A tartaruga contra lebre
Chegamo' do nada no drip veneno
Você se pergunta de onde nós veio
Os moleque é marrento, 600 cavalo, vocês é jumento
Nós tá igual espada, tá cortando vento

[Refrão]
Ninguém me segura, olho do Mazda Medusa
Se passa de noite, é loucura, olha, mas cuida que assusta
Na curva passamo' de novo, 18 quilate de ouro
Xenon tá no brilho, demônio, e as porta que abre igual corvo

[Verso 2]
Passamo' igual uma espada, Ryu Hayabusa
Fazendo a curva, na nossa frente já não tem mais nada
E ela se pergunta se eu caio na estrada
Ou se eu saio a noite toda pra nada
Passamo igual uma espada, Ryu Hayabusa
Tá fazendo a curva na luz do xenon
E essa bitch no carona com vento nessa blusa
Banco mal cabe a bunda e assim que é bom
[Refrão]
Ninguém me segura, olho do Mazda Medusa
Se passa de noite, é loucura, olha, mas cuida que assusta

Na curva passamo' de novo, 18 quilate de ouro
Xenon tá no brilho, demônio, e as porta que abre igual corvo
Ninguém me segura, olho do Mazda Medusa
Se passa de noite, é loucura, olha, mas cuida que assusta
Na curva passamo' de novo, 18 quilate de ouro
Xenon tá no brilho, demônio, e as porta que abre igual corvo

[Ponte]
E eu não esqueci de quem me deu ajuda
Se um dia eu cresci, eu sei quem tem a culpa
Sem bife no beat, não virava nunca
Se essa é pra drift, um salve pro Yung Buda
E eu não esqueci de quem me deu ajuda
Se um dia eu cresci, eu sei quem tem a culpa
Sem bife no beat, não virava nunca
Se essa é pra drift, um salve pro Yung Buda

[Refrão]
Ninguém me segura, olho do Mazda Medusa
Se passa de noite, é loucura, olha, mas cuida que assusta
Na curva passamo' de novo, 18 quilate de ouro
Xenon tá no brilho, demônio, e as porta que abre igual corvo
Ninguém me segura, olho do Mazda Medusa
Se passa de noite, é loucura, olha, mas cuida que assusta
Na curva passamo' de novo, 18 quilate de ouro
Xenon tá no brilho, demônio, e as porta que abre igual corvo